Entidades discutem os termos do programa de atendimento psicossocial para acusados de violência doméstica

02.06.2016

Programa “Repense” é fruto de parceria entre a Defensoria Pública do Estado, Ministério Público e Seprev

 

As defensoras públicas do Núcleo de Violência Doméstica da Defensoria Pública do Estado de Alagoas, Andrea Carla Tonin e Daniela Times Ribeiro de Souza, reuniram-se hoje (01) com o Ministério Público, a Secretaria de Prevenção a Violência (Seprev) e profissionais das áreas de psicologia, assistência social e conciliação, na sede do Juizado de Violência Doméstica, no Jaraguá, para delinear o trabalho a ser realizado para a implantação do “Programa Repense”, projeto que ofertará atendimento psicossocial aos acusados de violência doméstica contra a mulher em Maceió. 

 

Durante a reunião, foram apresentados dados e projetos exitosos desenvolvidos aqui e em outros Estados da federação que deverão embasar o projeto, que tem por objetivo elidir a reincidência e promover medidas de prevenção à violência no ambiente familiar.

 

Ficou definido que os assistidos pela Defensoria acusados de violência doméstica contra a mulher em Maceió, serão encaminhados, quando forem perfil do programa, para a Casa de Direitos do Jacintinho, onde receberão atendimento de assistente social e psicóloga, bem como participarão de dinâmicas e/ou serão encaminhados para tratamento em caso de dependência química ou alcoólica, por exemplo.

 

Para a Defensora Pública Andréa Carla Tonin o programa vem suprir uma lacuna decisiva para o efetivo combate à violência de gênero, que passa obrigatoriamente pela consciência e conscientização do público masculino acerca do conteúdo e importância da Lei Maria da Penha.

 

O programa

 

O Programa Repense é um projeto desenvolvido pela Defensoria Pública, em parceria com o Ministério Público e Seprev, cujo objetivo é ofertar atendimento preventivo psicossocial aos acusados de violência doméstica contra a mulher em Maceió. Os atendimentos devem ter início em agosto, quando será lançado oficialmente o programa.

 

O grupo formado nesta quarta-feira volta a se reunir no próximo dia 9 de junho de 2016, às 14h, na Casa de Direitos do Jacintinho, onde será apresentada a minuta do projeto para ajustes e aprovação.

 

A reunião de hoje contou com a presença das defensoras públicas Andréa Carla Tonin e Daniela Times Ribeiro, das seções de Atendimento ao Acusado e Defesa dos Direitos da Mulher, respectivamente, da Promotora de Justiça Maria Jose Alves Da Silva, da Assistente Social Monica Tenório de Araújo, da advogada Ewerllany Lays Silva Felismino, da psicóloga Klécia Patrícia Gomes De Oliveira, do Gerente do Programa de Acesso à Justiça da Secretária de Prevenção à Violência do Estado de Alagoas (SEPREV) José Américo Pereira Dias, do Superintendente da Seprev Alexandre Emanoel Ferreira Costa, do mediador e conciliador  Silvestre Fabiano Pinheiro Rodrigues, do Superintendente do Ronaldo Targino de Almeida Filho.

 

Fonte: Ascom Defensoria Pública AL

 

Please reload

Notícias Recentes
Please reload

Arquivos
Please reload

Siga nos
  • Facebook Basic Square